Copa Ibérica torna-se ainda mais internacional na ronda espanhola do WRC

A chegada de 4 novos nomes à PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2018, incluindo uma equipa oriunda da América do Sul e um Campeão de ralis espanhol, dá à copa ibérica de ralis um cunho ainda mais mundialista. Considerando estes rookies, serão 17 os competitivos Peugeot 208 R2 que irão, por um lado, lutar pelos lugares de topo nesta 5ª prova do calendário da copa ibérica, e por outro alcançar posições que tornem mais confortável o seu assalto ao título de 2018. Assegurado está o calor das lutas entre o pelotão desta iniciativa conjunta da Peugeot Portugal e Peugeot Espanha, nesta 2ª participação numa ronda do WRC. 

Oriol Gómez, Luciano Bonomi, Abel Torrelles e Miguel Labarias são os novos nomes que se associaram à PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2018 neste Rally RACC – Catalunya Costa Daurada, 5ª prova do ano e 2ª do calendário do Mundial de Ralis desta iniciativa da Peugeot Portugal e da Peugeot Espanha, contando com as parcerias da Pirelli e da Total e com a organização e o apoio técnico e logístico da Sports & You.

Piloto catalão de referência da década de 90, Oriol Gómez regressa aos ralis com a PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2018, no mesmo ano em que festejou os 50 anos (nasceu a 1 de julho de 1968), tendo construído uma carreira de sucesso em 14 deles. De 1990 a 1993 disputou diferentes copas Peugeot no seu país, sagrando-se Campeão de Espanha de Ralis de Asfalto em 1994 e Vice-Campeão no ano seguinte. Em 1997 e 1998 foi piloto oficial no WRC, tendo terminado a carreira em Espanha, em 2004. A exceção seria o Rali da Argentina de 2006 e um rali disputado na região da Galiza, em 2017. Regressa agora na prova máxima do WRC no seu país aos comandos de um Peugeot 208 R2 e candidatando-se aos melhores lugares nesta 5ª jornada da copa ibérica de ralis. Axel Coronado será o seu navegador.

Da Argentina chega Luciano Bonomi (32 anos), o primeiro concorrente sul-americano da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA, que se junta a um grupo composto, na sua maioria, por portugueses e espanhóis, mais dois britânicos. Salvo o ano de 2015, em que disputou o Campeonato de Espanha de Ralis em Terra (foi 7º), a carreira de Bonomi cinge-se ao seu país natal Laureano Grigera será aqui o seu co-piloto.

Já Abel Torrelles e Miguel Labarias são dois espanhóis, de 27 e 38 anos, respetivamente, e ambos com uma carreira de apenas 2 anos nos ralis. Tendo como melhor resultado um 6º lugar, posição alcançada aos comandos de um 208 R2 num rali de 2017, Torreles terá Xavier Carulla como navegador nesta nova aventura por terras da Catalunha. Já Labarias será navegado por Cristian Muñoz, com quem já este ano alcançou um 4º lugar num rali em asfalto daquela região, também no carro da marca do Leão.

EQUILÍBRIO PONTUAL É ESPELHO DAS MÚLTIPLAS BATALHAS

São nomes que se juntam ao habitual lote de pilotos que disputam os 3 troféus de 2018 – Absoluto, Junior Cup e Ladies Cup – num conjunto uniforme e que se tem mostrado muito competitivo, como o demonstram os 4 vencedores diferentes em outras tantas provas já realizadas: Josep Bassas (Portugal), Pedro Antunes (Castelo Branco), Victor Senta (Ferrol) e Jan Solans Baldo (Princesa de Asturias). Há mesmo um equilíbrio pontual que, numa situação limite e quando estão ainda muitos pontos por atribuir (cada vitória vale 25, um 2º lugar 20 e um 3º 17) faz com que a grande maioria dos atuais classificados possa ainda sonhar com o título.

Neste momento, a vantagem na PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2018 continua a pender para o espanhol Roberto Blach Nuñez, que tem sido muito regular, mesmo sem ter vencido qualquer rali, e soma 58 pontos. Tem 17 sobre Diogo Gago, que está em ascensão (foi 2º nas duas últimas provas) e 21 sobre Josep Bassas. Seguem-se, separados por apenas 5 pontos, nada menos do que 8 pilotos: José Maria Reyes soma 29 pontos, mais 1 do que Hugo Lopes (28) e mais 3 do que Pedro Antunes e Victor Senra (ambos com 26). Estes têm, por sua vez, 1 magro ponto sobre Jan Solans Baldo e Álvaro Perez (25), num top 10 que se fecha com Daniel Pereira Nunes e Ricardo Sousa (24). Acrescente-se que Nuñez também é líder da Junior Cup e a britânica Nabila Tejpar da Ladies Cup.

Comments