DUPLO PÓDIO DO TEAM PEUGEOT TOTAL NO WRX

Piloto do Team PEUGEOT Total, Sébastien Loeb andou a fundo no PEUGEOT 208 WRX rumo à vitória na Bélgica. O nónuplo Campeão do Mundo de Ralis demonstrou a sua habilidade e talento ao longo de um evento que o catapultou para uma vitória na sua Meia-Final e outra numa emocionante Final. Loeb esteve acompanhado no pódio por Timmy Hansen, seu companheiro no Team PEUGEOT Total, piloto que foi 3º da geral. Este resultado robusto elevou o Team PEUGEOT Total ao 2º lugar na tabela de Equipas do World RX, enquanto Loeb se aproximou da liderança do Campeonato de Pilotos.

  • Sébastien Loeb garantiu excelentes resultados na Q1 e Q2 de sábado. Já no domingo de manhã, esteve em trabalhos nas desafiantes condições em que se disputou a Q3, vendo limitadas as oportunidades de ultrapassagem, problema que ultrapassou na Q4, vindo a terminar as eliminatórias no 4º lugar da geral. Depois, na sua Meia-Final, o piloto francês registou uma impressionante performance, garantindo a vitória, chamando a si, com isso, a pole-position para a Final. Mantendo uma elevada cadência, a aproveitar ao máximo os 600 cavalos de potência do seu PEUGEOT 208, liderou uma árdua batalha para alcançar a sua 1ª vitória numa Final do World RX 2018, resultado que o promove à 2ª posição no Campeonato de Pilotos.
  • Timmy Hansen teve um excelente arranque em Mettet, alcançando a 2ª e 3ª posições na Q1 e Q2, respetivamente. Depois ascenderia ao 1º lugar na Q3, sendo 7º na Q4, terminando em 2º da geral nas eliminatórias. Saindo da pole-position na sua Meia-Final, foi violentamente empurrado no arranque por Bakkerud, caindo para 6º no final da primeira volta. Tal despoletou a heroica recuperação de Hansen, com o ás do volante do PEUGEOT 208 WRX a escalar lugares ao longo da corrida, culminando numa 3ª posição final, suficiente para lhe garantir um lugar na Final, onde, de novo, recuperou de 6ª no arranque até ao 3º lugar na linha de chegada. Foi o seu primeiro pódio nesta temporada
  • Kevin Hansen registou uma excelente demonstração do seu talento durante todo o fim de semana, alcançando algumas performances promissoras e excelentes tempos na Q1 (5º mais rápido) e Q2 (6º). Ele iniciou a Q3 numa ótima forma, destacando-se com o seu distintivo PEUGEOT 208 WRX amarelo, liderando a quase totalidade da corrida, até que um erro na sua joker lap lhe saiu muito caro, pois, ao deixar o motor ir abaixo, viria a acabar a sessão em 15º. Foi, depois, 10ª na Q4, terminando as qualificações em 9º da geral, posição que lhe deu um bilhete para a sua primeira Semi-Final deste ano. Partindo de trás e mesmo não tendo conseguido um lugar na Final, o mais novo dos Hansen provou ter o talento necessário para competir com os melhores.

 

  • Após dois 2ºs lugares em Barcelona e Montalegre, este duplo pódio PEUGEOT e a vitória de Sébastien Loeb em Mettet traduz-se numa grande recompensa para o Team PEUGEOT Total. Nos bastidores, mecânicos e engenheiros trabalharam incansavelmente no lançamento deste novo programa de competição do World RX, após a impressionante 3ª vitória consecutiva no Rali Dakar, em Janeiro.

 


 

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *